Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Iate Amélia

por Blog Real, em 05.01.14

Iate Amélia I

O Amélia foi um iate, adquirido pelo Rei D.Carlos I de Portugal. Hoje em dia, o Amélia é, geralmente, designado Amélia I para o destinguir dos posteriores iates homónimos ao serviço de D. Carlos I.

Amélia era um iate de casco de ferro com 147 toneladas de deslocamento. Foi utilizado pelo Rei D. Carlos I nas campanhas de investigação oceanográfica, que o tornaram num cientista marítimo de renome mundial. Para isso, o Amélia estavam equipado com três embarcações miúdas e com petrechos de investigação.

Em 1897, o Amélia foi trocado pelo iate Amélia II.

 

Iate Amélia II

Amélia II foi um iate adquirido pelo Rei D.Carlos I de Portugal, em 1897, para substituir o iate Amélia I.

O iate foi construído em ferro em 1880 e, originalmente, baptizado Geraldine. Ao ser adquirido por D. Carlos I, tal como o seu antecessor, foi rebaptizado com o nome da esposa do monarca, a rainha D.Amélia de Orleães.

Tal como o iate antecessor, o Amélia II destinava-se, primariamente a ser um navio de investigação oceanográfica, atividade em que D. Carlos I estava profundamente envolvido e que o tornou num cientista de renome mundial. Para isso o Amélia II estava equipado com quatro embarcações miúdas (uma das quais a vapor), instrumentos para recolha, preparaçãoe e conservação de exemplares, além de alojamentos para os investigadores.

Em 1899 o Amélia II foi trocado pelo iate Amélia II.

 

Iate Amélia III

Amélia III foi um iate ao serviço do Rei D.Carlos I de Portugal, entre 1899 e 1901.

Originalmente baptizado como Yacona, o Amélia III substituiu, em 1899, o iate Amélia II, sendo rebaptizado, tal como este, com o nome da esposa do monaraca, a rainha D.Amélia de Orleães.

Tal como os antecessores amélias, o Amélia III foi adquirido por D. Carlos I para servir, essencialmente, como navio de investigação oceanográfica. Para isso tinha os equipamentos e instalações necessárias a essa atividade.

Em 1901 o Amélia III foi trocado pelo iate Amélia IV, o último e definitivo dos amélias.

 

Iate Amélia IV

Amélia IV foi um navio comprado pelo Rei D.Carlos I de Portugal, em 1901, para servir de iate Real, de navio de guerra e de navio hidrográfico.

Originalmente chamado Banshee, o Amélia IV foi o quarto iate, baptizado com este nome, adquirido pelo Rei D. Carlos I, para ser usado nas suas campanhas oceanográficas. Tal com os três primeiros iates, este foi também rebaptizado em homenagem à sua mulher, a rainha D.Amélia de Orleães. O navio chegou a Cascais a 2 de novembro de 1901.

Como os anteriores, o Amélia IV foi projetado para servir não só de iate, mas para ser multifunções. No entanto, a multifuncionalidade no Amélia IV ia bastante mais além do que nos antecessores já que projeto do navio era o de um cruzador de 2ª classe que, além de poder servir de navio de guerra para a marinha Portuguesa, tinha instalações para ser utilizado como iate Real e como navio de investigação ocenográfica.

O navio foi construído com o casco em aço. Tinha seis embarcações miúdas uma das quais era movida a electricidade e, a outra, a vapor. Dispunha de todos os equipamentos necessários para trabalhos oceanográficos.

Com este navio, D. Carlos I continuou as campanhas de investigação no mar, que o tornaram num dos maiores oceanógrafos e cientistas marítimos portugueses.

Na sequência do golpe militar queimplatou a república em Portugal, em 5 de outubro de 1910, foi no iate Amélia IV que o último Rei de Portugal, D.Manuel II e a sua família embarcaram, a partir da Ericeira, para se dirigirem para o exílio, sendo conduzidos a Gibraltar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:05


1 comentário

De barcos para venda a 24.02.2014 às 22:02

a unica foto que encontrei deste barco foi aqui :)

Comentar post



Este blog pretende ser o maior arquivo de fotos e informações sobre a monarquia portuguesa e a Família Real Portuguesa.

Mais sobre mim

foto do autor


A Coroa, é o serviço permanente da nossa sociedade e do nosso país. A Monarquia Constitucional, confirma hoje e sempre o seu compromisso com Portugal, com a defesa da sua democracia, do seu Estado de Direito, da sua unidade, da sua diversidade e da sua identidade.

calendário

Janeiro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

mapa_portugal.gif


Facebook



Comentários recentes

  • Nuno Ramos

    Meu caro Blog Real, neste link abaixo pode encontr...

  • Nuno Ramos

    Ex. ma Sr.ª Ana Carolina, esse seu elaborado comen...

  • Blog Real

    Olá. Qual significado?

  • Ana Carolina

    cale-se vc nao sabe de nada

  • Beatriz

    Entao e o simbolo central? por que motivo é que o ...



FUNDAÇAO DOM MANUEL II

A Fundação Dom Manuel II é uma instituição particular, sem fins lucrativos, de assistência social e cultural, com acções no território português, nos países lusófonos, e nas comunidades portuguesas em todo o mundo.
                                         mais...
 
Prémio Infante D. Henrique
Com a fundação do Prémio Infante Dom Henrique, do qual S.A.R. o Duque de Bragança além de membro fundador é Presidente de Honra, Portugal tornou-se o primeiro país europeu de língua não inglesa a adoptar o programa de "The International Award for the Young People".
                                         mais...

Por vontade d'El-Rei D. Manuel II, expressa no seu testamento de 20 de Setembro de 1915, foi criada a Fundação da Casa de Bragança em 1933, um ano após a sua morte ocorrida a 2 de Julho de 1932. 
O último Rei de Portugal quis preservar intactas as suas colecções e todo o património da Casa de Bragança, pelo que deixou ainda outros elementos para precisar o seu intuito inicial e legar todos os bens sob a forma do Museu da Casa de Bragança, "à minha Pátria bem amada"

 mais...


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Tags

mais tags