Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Monarquia Portuguesa

Este blog pretende ser o maior arquivo de fotos e informações sobre a monarquia portuguesa e a Família Real Portuguesa.

A Monarquia Portuguesa

Este blog pretende ser o maior arquivo de fotos e informações sobre a monarquia portuguesa e a Família Real Portuguesa.

Rainha D. Amélia ajuda a servir a sopa de Natal às crianças do Dispensário D. Amélia

29.05.14, Blog Real

A presença dos monarcas em hospitais, asilos e orfanatos fazia parte dos processos de construção e gestão da imagem dos reis e consortes. A prática da caridade cristã era enquadrada pelas Obras de Misericórdia. A rainha D. Amélia ajuda a servir a sopa de Natal às crianças do Dispensário D. Amélia. Não se trata de uma cerimónia mas de um acto de relações públicas.
Fonte: Ilustração Portuguesa, n.º 9, de 4.1.1904

Exéquias realizadas por alma do rei D. Luís I

29.05.14, Blog Real

D. Carlos e D. Amélia na saída das exéquias realizadas por alma do rei D. Luís I em 19.10.1903. Imagem do catafalco armado no interior do templo (parece estar em cima do ataúde um capecete militar e não a coroa real). O corpo de archeiros da casa real faz escolta de honra e avança com as alabardas derreadas e as cabeças descobertas em sinal de luto. A rainha veste de luto pesado.
No período da monarquia, as cerimónias fúnebres (funerais de estado, exéquias solenes) integravam o calendário anual do cerimonial público. Os actos realizados no interior dos templos e os cortejos na via pública mantinham ainda traços de dramatização herdados dos séculos XVI-XVII e dos anos áureos de encenação da morte barroca. Por outro lado, não havia uma separação clara entre o cerimonial religioso católico, fortemente conotado com a organização tridentina da Igreja Católica Romana, e o cerimonial monárquico que embora mantendo heranças do período do absolutismo viera progressivamente a aburguesar-se no curso de oitocentos.
Fonte: Ilustração Portuguesa, n.º 1, de 9.11.1903