Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Rei D.Manuel II e a sua esposa, a Rainha D.Augusta Vitória

por Blog Real, em 27.02.19

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:19

Foto da Rainha D.Amélia e do Rei D.Carlos

por Blog Real, em 27.02.19

Fonte: Real Arquivo Digital

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:16

Braga tem uma orquestra ao serviço da Família Real

por Blog Real, em 25.02.19

A Orquestra Príncipe da Beira, criada pelo maestro Paulo Arruda, é a orquestra de “serviço” à casa real portuguesa e prepara-se para um concerto no próximo dia 23, na Igreja de S. Vicente, na cidade de Braga.

Esta orquestra, que deu o primeiro concerto a 3 de junho de 2017, é uma homenagem ao princípe Dom Afonso Santa Maria, filho do conhecido Duque de Bragança, D. Duarte Pio e é também a orquestra que, sempre que exista convite, atua nas cerimónias “reais” em Portugal.

Com ensaios periódicos na cidade de Braga, onde esta orquestra foi formada pelo maestro Paulo Arruda, que é também professor de Música em Tadim, com 37 anos de carreira, a OPB pertence à casa real portuguesa e os membros marcaram presença através da Orquestra do Norte, na cerimónia de investidura do príncipe, que decorreu na Sé de Braga em 2017.

O maestro e fundador da orquestra, Paulo Arruda, explicou ao Semanário V que a OPB surgiu na sequência dos 21 anos de Afonso, a mesma idade em que foi indicado Princípe da Beira. “Esta orquestra tem como função, para além da diuvlgação da música erudita, também a integração de músicos que se destacam a nível internacional, como o caso do tenor Nuno Meneses Ribeiro, atualmente tenor na Ópera de Milão e que pertence à família real.

“Temos realizado concertos e sempre que há alguma atividade relacionada com a casa real, a orquestra atua”, explica, revelando que o ultimo concerto, em Penafiel, foi em quinteto, mas o marcado para o próximo dia 23 será em formato “ensemble”, com violinos, viola de arco, violoncelo e contrabaixo. No total, a OPB tem 20 músicos que vão rodando entre si.

“Em Braga há sensibilidade para a causa real”

Paulo Arruda trabalhou com grandes nomes da música erudita nacional, como Miguel Graça Moura, Joana Carneiro, Pedro Burmmester ou a Orquestra Portuguesa da Juventude, dando a opinião de que a causa monárquica aposta mais na cultura do que a republicana.

Explica que em Braga “há sensibilidade para a causa real”, dando exemplo de várias iniciativas e palestras na cidade sobre a Monarquia. “Uma das coisas que se tem verificado é que é muito dispendioso para o país estar numa República, mas é esta que tem tido mais peso na sociedade, até porque é muito recente comparando com a Monarquia. Mas é preciso ver que a Monarquia, ao longo de séculos, tem difundido muito a cultura, sobretudo a música.

Diz ainda que “Braga tem revelado maior sensibilidade também a nível musical”. “A subsistência dos músicos é muito difícil, e piorou durante o período da Troika, em que nem sequer houve ministro da Cultura”. Paulo Arruda lamenta a falta de apoio aos músicos, recordando o caso de uma bailarina com doença oncológica que teve de exercer a profissão até ao fim da vida por não existir qualquer salvaguarda para os bailarinos. Recorda que a Companhia de Ballet não sobreviveu ao período da Troika.

Paulo Arruda explica que é necessário um maior valor nas verbas atribuídas pelas Câmaras que contratam a orquestra, de forma a serem mais elementos nas atuações da orquestra. “Fazemos os concertos em função das verbas que realmente nos podem atribuir”, esclarece.

“Os instrumentos são caros, as partituras vêm do edstrangeiro e muitas vezes depende da boa vontade dos próprios musicos para atuar por uma verba menor”, explica, deixando, no entanto, elogios à Câmara de Braga e às Juntas de São Víctor, São José de São Lázaro e São João de Souto e União de Maximinos, Sé e Cividade por “pagarem” em conjunto o concerto do próximo dia 23. Revela ainda que o objetivo é tornar esta atuação em um evento anual.

“A música é um trabalho para nós e um divertimento para os outros”, finaliza.

Braga foi onde o príncipe foi batizado e investido

Foi na Sé Catedral de Braga que se registaram os momentos mais importantes para a vida da monarquia nacional. Para além do batismo de Dom Afonso de Santa Maria, foi também neste templo que, 21 anos depois, decorreu a cerimónia de investidura solene do décimo Príncipe da Beira.

A cerimónia contou com a presença dos duques de Bragança e altas individualidades civis, militares e religiosas em representação dos diversos órgãos de soberania nacional e regional, em um fim de semana recheado de eventos.

A missa solene foi presidida por D. Francisco Senra Coelho e contou com a presença da Guarda de Honra da Catedral, enquanto o programa musical ficou a cargo do Coro da Santa Casa de Misericórdia de Braga, com direção de Hugo Torres e da estreia da OPB. Já a cerimónia de investidura foi presidida por Dom Duarte.

Recorde-se que foi na Sé de Braga que, a 1 de junho de 1996 se realizou pela primeira vez na história de Portugal um batizado real na cidade de Braga.
Na ocasião, os duques de Bragança criaram, com o então arcebispo primaz, D. Eurico Dias Nogueira, uma instituição (a Real Confraria) que o décimo Príncipe da Beira preside.

Fonte: https://semanariov.pt/2019/02/20/braga-tem-uma-orquestra-ao-servico-da-familia-real/

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:42

Rainha D. Amélia entra num automóvel da Casa Real (1907)

por Blog Real, em 24.02.19

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:13

Conferência para assinalar o centenário da Monarquia do Norte e do Cerco de Monsanto

por Blog Real, em 23.02.19

Na próxima terça-feira dia 26 de Fevereiro pelas 15,00hs, na Sociedade de Geografia de Lisboa, no âmbito do programa que assinala o centenário da Monarquia do Norte e do Cerco de Monsanto, a Secção de Genealogia, Heráldica e Falerística da Sociedade de Geografia de Lisboa organiza uma conferência com a participação do Prof. Filipe Ribeiro de Menezes, Prof. Jaime Nogueira Pinto, Coronel José Henriques e Arq. Francisco Lobo De Vasconcellos. Neste encontro, entre outras coisas, poderão ouvir-se relatos, na primeira pessoa, de quem esteve no cerco de Monsanto, e visitar uma mostra de fotografias e objectos inéditos, relacionados com estes acontecimentos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:45

Rei D.Manuel II e Rainha D.Augusta Vitória assistiram ao torneio de ténis em Wimbledon com a família real britânica (1923)

por Blog Real, em 23.02.19

Fonte: paimages.co.uk

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:58

Juventude Monárquica esteve reunida na sede do Partido Popular Monárquico

por Blog Real, em 22.02.19

A Juventude Monárquica esteve reunida na sede do Partido Popular Monárquico! Onde foi iniciado o processo de criação da Estrutura de Concelhia de Lisboa!
A JM renasceu!
Todos unidos por uma causa, Portugal!

Fonte: Facebook Juventude Monárquica

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:51

Afonso de Bragança em visita à Covilhã

por Blog Real, em 22.02.19

Depois de um almoço no espaço da antiga Biblioteca da Cidade, decorreu uma visita à Igreja de Santa Maria Maior, seguindo-se a Galeria de Tinturaria, Real Fábrica de Panos e Casa dos Condes da Covilhã, que foram no passado os grandes produtores e promotores das Fábricas de Lanifícios da Região.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: CAUSA REAL

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:42

D.Duarte, Duque de Bragança acaba de concluir uma visita de uma semana à Nova Zelândia

por Blog Real, em 21.02.19

D.Duarte, Duque de Bragança acaba de concluir uma visita de uma semana à Nova Zelândia onde foi recebido por Damas e Cavaleiros das Ordens da Casa Real que proporcionaram um programa que incluiu cerimónias religiosas e culturais.

 

Fonte: Centro de Estudos Ordens Dinásticas Portuguesas / Orders Study Centre

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:09

RAINHA D. AMÉLIA - PROTECTORA DAS ARTES E PATRIMÓNIO

por Blog Real, em 21.02.19

RAINHA D. AMÉLIA - PROTECTORA DAS ARTES E PATRIMÓNIO
Por José Alberto Ribeiro, director do Palácio Nacional da Ajuda
21 de Fevereiro, às 18 Horas
Sala dos Embaixadores, Palácio Nacional da Ajuda, Lisboa
Entrada Livre
Ver mais» https://rainhas-portuguesas.webnode.pt/

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:02

Pág. 1/4



Este blog pretende ser o maior arquivo de fotos e informações sobre a monarquia portuguesa e a Família Real Portuguesa.

Mais sobre mim

foto do autor


A Coroa, é o serviço permanente da nossa sociedade e do nosso país. A Monarquia Constitucional, confirma hoje e sempre o seu compromisso com Portugal, com a defesa da sua democracia, do seu Estado de Direito, da sua unidade, da sua diversidade e da sua identidade.

calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

mapa_portugal.gif


Facebook



Comentários recentes

  • Anónimo

    Pode comprar Diretamente ao editor: https://www.t...

  • Blog Real

    Olá. Eu infelizmente não sei mais informações. Est...

  • Anónimo

    Sou neta de Alfredo Pereira Teixeira, Português, n...

  • Anónimo

    Quisiera saber el motivo por el que fue dom Diniz ...

  • Blog Real

    O que é o Vila Viscoa?E não me parece que o Duque ...



FUNDAÇAO DOM MANUEL II

A Fundação Dom Manuel II é uma instituição particular, sem fins lucrativos, de assistência social e cultural, com acções no território português, nos países lusófonos, e nas comunidades portuguesas em todo o mundo.
                                         mais...
 
Prémio Infante D. Henrique
Com a fundação do Prémio Infante Dom Henrique, do qual S.A.R. o Duque de Bragança além de membro fundador é Presidente de Honra, Portugal tornou-se o primeiro país europeu de língua não inglesa a adoptar o programa de "The International Award for the Young People".
                                         mais...

Brasão da FCB

Por vontade d'El-Rei D. Manuel II, expressa no seu testamento de 20 de Setembro de 1915, foi criada a Fundação da Casa de Bragança em 1933, um ano após a sua morte ocorrida a 2 de Julho de 1932. 
O último Rei de Portugal quis preservar intactas as suas colecções e todo o património da Casa de Bragança, pelo que deixou ainda outros elementos para precisar o seu intuito inicial e legar todos os bens sob a forma do Museu da Casa de Bragança, "à minha Pátria bem amada"

 mais...


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Tags

mais tags


Publicações Monárquicas

Correio Real

CORREIO REAL

Correio Real

REAL GAZETA DO ALTO MINHO


INSCRIÇÃO ON-LINE NA CAUSA REAL



subscrever feeds