Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Monarquia Portuguesa

Este blog pretende ser o maior arquivo de fotos e informações sobre a monarquia portuguesa e a Família Real Portuguesa.

Sab | 30.01.21

Roberto Tornar, mestre de capela no Paço Ducal de Vila Viçosa e responsável pela educação musical de D.João IV

Blog Real

Roberto Tornar (em inglês: Robert Turner) (Irlanda ou Inglaterra, c. 1587 — Vila Viçosa, c. 1629) foi um compositor de origem inglesa ou irlandesa que trabalhou em Portugal como mestre de capela.

Roberto Tornar nasceu por volta de 1587 em Inglaterra ou na Irlanda. Era católico e, por essa razão fugiu da sua terra natal para a Península Ibérica para escapar às perseguições anglicanas. Com esse estatuto de recusant foi possivelmente apoiado pelo duque de Bragança D. Teodósio II, que, na qualidade de patrono o terá enviado para Madrid, onde foi discípulo de Géry de Ghersem e Mateo Romero. Posteriormente, regressou a Portugal. Em 8 de abril de 1616 sucedeu a António Pinheiro como mestre de capela no Paço Ducal de Vila Viçosa, o palácio de D. Teodósio II.

Para além da sua capela, o duque de Bragança também o incumbiu da educação musical do seu filho D. João, que viria a tornar-se rei de Portugal com o nome de D.João IV com a Restauração da Independência assim como um importante compositor e musicólogo. Contudo, o mérito de Roberto Tornar terá sido diminuto, uma vez que subsistem relatos de que o jovem não apreciava as suas aulas de música. Este, ao crescer, não demonstrou grande gratidão ao seu antigo mestre.

Um dado que subsistiu da sua vida pessoal é o seu matrimónio com Catarina Lopes de Quintana. Morreu em data incerta, após 1629 em Vila Viçosa.

Obras:

Da sua obra sobreviveram apenas 4 salmos preservadas em forma manuscrita na biblioteca do Paço Ducal de Vila Viçosa:

  • "Beati omnes", a 4vv
  • "Confitebor tibi Domine", a 4vv
  • "De profundis", a 4vv
  • "Levavi oculos meos", a 4vv

Obras perdidas

  • Várias cançonetas do Natal
Qui | 28.01.21

Informações sobre a missa por a alma do Rei D.Carlos I e do Príncipe Real Luís Filipe

Blog Real
Tendo em consideração as restrições no âmbito do combate à pandemia e a decisão da Conferência Episcopal Portuguesa sobre a realização de missas presenciais, informamos que a Missa de Sufrágio pelas almas de Sua Majestade o Rei Dom Carlos e de Sua Alteza Real o Príncipe Dom Luís Filipe, habitualmente mandada celebrar pela Real Associação de Lisboa, este ano não terá lugar na Igreja de S. Vicente de Fora.
Em alternativa, dada a relevância do piedoso acto para os monárquicos e para a memória colectiva de todos, a Direcção da Real Associação de Lisboa apela aos seus associados e amigos a participarem na Missa de Sufrágio, a ser transmitida online, celebrada pelo nosso associado, o Rev. Padre Tiago Ribeiro Pinto, pároco na Paróquia de Miratejo, na segunda-feira, dia 1 de Fevereiro. A celebração terá início pelas 18 horas e poderá ser seguida na página de Facebook da Real Associação de Lisboa.
Qua | 27.01.21

D. Maria da Assunção Adelaide da Mata de Souza Coutinho, dama de honra da Rainha D.Maria Pia

Blog Real

D. Maria da Assunção Adelaide da Mata de Souza Coutinho, 2ª Condessa de Penafiel, nasceu em Paris a 3-3-1827.

Era filha dos Condes de Penafiel e neta paterna de José Antonio da Mata de Souza Coutinho, correio-mor, do Reino de Portugal, e materna dos marqueses de Belas.

Foi casada com António José da Serra Gomes, 1º Marquês de Penafiel e 2º Conde de Penafiel.

Teve dois filhos: Manoel António Maria Apolónia da Serra Freire Belfort Gomes da Mata de Souza Coutinho (2º Marquês e 3º Conde de Penafiel) e João Antônio Maria Gomes da Mata de Souza Coutinho (3º Marquês e 4º conde de Penafiel)

Foi dama de honra da Rainha de Portugal Dona Maria Pia e dama da “Soberana Ordem Militar de Malta”. 

Faleceu no dia 23 de Abril de 1892 .

Qua | 27.01.21

Espadim de D. João VI regressa ao Palácio da Ajuda

Blog Real

Em ouro e diamantes, o espadim de aparato do rei D. João VI (1767-1826), adquirido pelo Estado português em dezembro passado, será uma das joias mais impressionantes do Museu do Tesouro Real, que o Palácio Nacional da Ajuda espera inaugurar na sua ala poente ainda neste ano. Com esta aquisição (ao Antiquário do Correio Velho, no valor de 120 mil euros), fica concluído o esforço de décadas para resgatar e reunir num todo o património de alto valor artístico do primeiro rei português a jurar fidelidade a um texto constitucional.

Como diz ao DN José Alberto Ribeiro, diretor do Palácio da Ajuda, "este espadim teve uma vida um pouco turbulenta, como aconteceu a muitas joias que acompanharam a família real ao Brasil, aquando das invasões napoleónicas, e depois voltaram ao reino. Mas estamos certos de que se trata do espadim do rei, já que é uma peça amplamente documentada, desde logo em retratos da época assinados pelo pintor Domingos Sequeira".

Como se sabe, não foi exatamente pela harmonia doméstica que a família de D. João VI passou à história. A par das tribulações que o levaram ao Rio de Janeiro, e depois de regresso a Portugal, o monarca, a mãe (a rainha D. Maria I, que morreria no Brasil em 1816), a mulher, Carlota Joaquina, e os filhos de ambos, há que falar das desavenças que opuseram D. Pedro e D. Miguel, que não só envolveram toda a família como todo o reino numa guerra civil. Após a derrota militar e a assinatura da Convenção de Évora Monte, em 1834, D. Miguel foi impelido a restituir à Coroa joias e demais valores em seu poder, fossem eles bens da Coroa ou pessoais, muitos deles herdados do pai. O património que deixou em território nacional, antes de partir a 1 de junho desse ano para o exílio em Itália, deu entrada nos cofres do Banco de Portugal e D. Miguel jamais o reclamou. Entre as peças então depositadas estava o espadim em ouro e diamantes que fora de D. João VI.

Seg | 25.01.21

Tributo: Coro Misto assinala 500 anos da morte de D. Manuel I

Blog Real

“A Renascença – 500 anos da morte de D. Manuel I” é o novo projeto do Coro Misto da Beira Interior, que conta com o alto patrocínio de D. Duarte, duque de Bragança, que também marcará presença no concerto de apresentação pública deste trabalho, o que deverá acontecer no mês de junho.

Este novo trabalho resultará na gravação de um CD com obras do século XV, de Guillaume Dufay, Juan del Encina, T. Arbeau, Josquin des Prés entre outros, assim como um DVD em cenário palaciano e gravado nas localidades cujo Foral foi atribuído precisamente por D. Manuel I.

De acordo com a Associação Cultural da Beira Interior (ACBI), à qual pertence o Coro Misto da Beira Interior, nesta fase inicial, o projeto tem apoio da Fundação Inatel e das câmaras municipais da Covilhã, Sabugal e Idanha-a-Nova, havendo ainda outras instituições que se juntarão ao mesmo.

Para além do Coro Misto da Beira Interior participa neste projeto o Coro Infantil da Beira Interior, que integra crianças da Covilhã, da Escola EB 2/3 do Tortosendo e da Escola Serra da Gardunha do Fundão.

A ACBI justifica ainda a realização deste projeto com o facto de D. Manuel I ter sido um dos mais importantes monarcas na área da cultura, daí este tributo como forma de assinalar esta efeméride, os 500 anos da sua morte.

Fonte: https://www.reconquista.pt/articles/tributo-coro-misto-assinala--500-anos-da-morte-de-d-manuel-i-

Dom | 24.01.21

Dom Duarte de Bragança assistiu à inauguração do Cristo Rei na companhia dos seus pais (1959)

Blog Real

D. Duarte de Bragança, com 14 anos de idade, durante a cerimónia de inauguração da estátua do Cristo-Rei, em 17 de Maio de 1959. Na primeira fila vêem-se também o Senhor D. Duarte Nuno, o Infante D. Miguel e a Infanta D. Filipa de Bragança. (Fotografia: Centro Cultural do Patriarcado de Lisboa).

Sab | 23.01.21

Resumo do Ano da Família Real - 2015

Blog Real

Resumo do ano de 2015 da Família Real Portuguesa:

Janeiro:

17 de Janeiro - No sábado, dia 17 de Janeiro, os Senhores Duques de Bragança participaram no Jantar de Reis em Braga, antecedido por uma Missa na Sé de Braga. As receitas do Jantar ajudaram a pagar as obras do telhado do Sameiro assom como serviram para apoiar os Bombeiros Voluntários e Braga. Durante a visita o Senhor Dom Duarte de Bragança alertou para a preservação do Património. (Aqui)

26 de Janeiro - NoNo âmbito do 106.º Aniversário do Regicídio foi inaugurada a Exposição Tumulária Régia de S. M. o Rei D. Carlos I e do Príncipe Real D. Luís Filipe” com a presença do Senhor Duque de Bragança no Palácio da Independência em que se realizou uma conferência, palestra e momento musical alusivo ao tema. (Aqui)

29 de Janeiro - D.Duarte, Duque de Bragança esteve presente apresentação de uma tela cedida pelo Museu Nacional de História e Arte do Luxemburgo ao Museu de Arte Antiga. (Aqui)

Fevereiro:

1 de Fevereiro - Os Duques de Bragança e os seus filhos, Afonso e Dinis, estiveram presentes na missa de homenagem ao Rei D.Carlos I e ao Príncipe Real Luís Filipe por ocasião do 107 aniversário do regicídio, na Igreja de São Vicente de Fora, em Lisboa. (Aqui)

1 Fev - Lisboa (25).JPG

6 de Fevereiro - O Senhor Duque de Bragança participou no terceiro almoço/debate da Associação de Juristas Católicos, que se realizou no dia 6 de Fevereiro e que contou com a intervenção de S.E. a Embaixadora da Hungria, Sra D. Klára Breuer sobre o seguinte tema: Sendo a Hungria membro da União Europeia, e reconhecendo na sua Constituição a sua identidade e herança cristãs, foi de enorme interesse beneficiar da visão da Senhora Embaixadora em relação à experiência do seu País no quadro global do tema «Cristianismo e Europa».

6 de Fevereiro - D.Duarte, Duque de Bragança, participou na cerimónia de investidura de Sua Excelência Reverendíssima o Senhor Dom Manuel Clemente, Patriarca de Lisboa, na Real Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, na Sé Patriarcal de Lisboa. (Aqui)

11 de Fevereiro - O Senhor Dom Duarte participou nas Comemorações por ocasião dos 30 anos da AMI que se realizou no Pavilhão do Conhecimento no dia 11 de Fevereiro.

18 de Fevereiro - Duques de Bragança assistiram à primeira missa celebrada em Lisboa pelo Cardeal-Patriarca, D.Manuel Clemente. (Aqui)

19 de Fevereiro - No dia 19 de Fevereiro o Senhor Duque de Bragança participou nas I Jornadas de Direito Nobiliárquico pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. (Aqui)

Março:

Aniversário - A Infanta Maria Francisca de Bragança celebrou o seu 18 aniversário com um jantar temático: a volta ao mundo em 80 dias. (Aqui)

2015-03-31-DSCF2630.jpg

6 de Março - A Duquesa de Bragança participou no lançamento da primeira pedra da ala pediátrica “Um Lugar para o Joãozinho”, no Hospital de São João, no Porto. (Aqui)

29 de Março - Nos dias 27 a 29 de Março a Casa Senhorial d'El Rei D. Miguel ofereceu ao público uma importante exposição alusiva ao monarca que dá nome a este espaço museológico. No dia 29, na presença de Sua Alteza Real o Duque de Bragança, foi assinado um protocolo de cooperação entre a Fundação D. Manuel II e o Município de Rio Maior. Este será o primeiro passo para futuras iniciativas de importância para a Casa Senhorial e para a cidade de Rio Maior e todo o seu concelho. (Aqui)

Abril:

20 de Abril - Os Duques de Bragança participaram no descerramento de uma imagem da Rainha Santa Isabel na Igreja de Santa Luzia, sede nacional da Assembleia Portuguesa da Ordem de Malta. (Aqui)

28 de Abril a 3 de Maio - S.A.R. o Senhor Dom Duarte, Duque de Bragança, e S.E.R. o Sr. D. António Mendes dos Santos, Bispo de S. Tomé e Príncipe, estiveram em Nova Iorque a convite da Associação das Damas e Cavaleiros da Casa Real Portuguesa.

Realizaram-se vários eventos, com o objectivo de angariar fundos para a Diocese de S. Tomé e Príncipe.
Em Newark, as Reais Associações de Nova Jersey, e de Nova Iorque organizaram um jantar típico português para os ilustres visitantes, no salão nobre do Sport Club Português de Newark.

Participaram numerosos membros da comunidade portuguesa e actuaram vários artistas, nomeadamente a Tuna da ProVerbo, que entoou o hino «Deus, Pátria, Rei», João Machado, Corina Calado, Emília Silva, Mónica Paula, e ainda a jovem pianista Melanie Gonçalves. O Senhor Bispo contribuiu também para animar o convívio tendo demonstrado os seus notáveis dotes musicais, e tendo ficada agendada já uma noite de fados aquando da próxima deslocação «real» aos EUA!

A organização deveu-se a Glória de Melo, da Real Associação de New Jersey, uma das personalidades mais carismáticas desta comunidade, e que há muitos anos organiza os encontros da Comunidade com a Família Real. Tendo desta feita contado com a colaboração de Olindo Iglésias da Associação Real de Nova York.

A comunicação social local deu o maior relevo a este evento, tendo SAR e SER sido entrevistados para a Sic Internacional, Contacto USA, Lusa, e Jornais «Luso Americano» e «24Horas USA».

Mais uma vez os membros e simpatizantes destas Associações apreciaram e agradeceram profundamente as sábias palavras de SAR Dom Duarte. E continuam a entoar «Se Deus quiser»...

Maio:

9 de Maio - O jornal "I" publicou uma entrevista a D.Duarte, Duque de Bragança. (Aqui e Aqui)

13 de Maio - Os Senhores Duques de Bragança festejaram os 20 anos do seu casamento em Fátima, onde participaram nas cerimónias religiosas.

16 de Maio - O Duque de Bragança assistiu, no Museu Militar do Porto, a várias intervenções relacionadas com a espada de D. Afonso Henriques, que lá se encontra exposta.

19 de Maio - No Museu do Oriente, o Duque de Bragança esteve na apresentação do livro de fotografias e textos sobre Timor escrito pelo Dr. José Ramos Horta, Prémio Nobel da Paz.

20 de Maio - O Senhor Dom Duarte esteve presente na recepção comemorativa do 13º aniversário da Independência de Timor Leste.

21 de Maio - O Senhor Dom Duarte assistiu, no Padrão dos Descobrimentos, à Conferência do Professor Carvalho Rodrigues organizada pelo Instituto Mares da Lusofonia.

22 de Maio - Presença na reunião internacional “Conferências do Estoril”.

23 de Maio - Presença na Conferência “Comunicar a Monarquia” organizada pela causa Real que contou com a participação de vários especialistas em Comunicação e Imagem, que teve lugar no Hotel Altis.

24 de Maio - D.Duarte, Duque de Bragança esteve presente no último dia da V edição da Feira Renascentista do Torrão - Torrão ao tempo de Bernardim Ribeiro. (Aqui)

28 de Maio - Visita ao Colégio Dom Duarte, no Porto, em que o Senhor Dom Duarte se dirigiu aos alunos reunidos no ginásio.

Participou em jantar organizado pelo Chef Hélio Loureiro e presidido por S.E.R. o Senhor Bispo do Porto para a angariação de fundos para a Obra Diocesana do Porto.

30 e 31 de Maio - Participação na reunião do Conselho Científico da Fundação Duques d´Aremberg, em Enghien, na Bélgica.

Junho:

4 de Junho - O Senhor Dom Duarte começou uma visita à Guiné Equatorial. Para além das visitas protocolares, o principal objectivo d viagem foi o estabelecimento de uma Escola para a formação de Professores da Língua Portuguesa, tornada necessária pela recente adopção do Português como segunda língua oficial. Trata-se de uma iniciativa conjunta da Fundação D. Manuel II e das Escolas João de Deus, representadas pelo Dr. António Ponces de Carvalho.

Neste tão interessante País a população tem beneficiado de um desenvolvimento económico e social muito superior ao da média africana.

5 de Junho - A Duquesa de Bragança e o seu filho, Afonso, visitaram a Volvo Ocean Race Village. (Aqui)

8 de Junho - Os Senhores Duques de Bragança participaram, em Madrid, na Missa por alma do Príncipe Kardam da Bulgária.
Estiveram presentes Suas Majestades os Reis de Espanha e os Reis da Holanda, o Rei D. João Carlos e a Rainha Sofia, a Família Real Búlgara e numerosos amigos deles. (Aqui)

10 de Junho - A Família Real, como sucede todos os anos, assistiu às cerimónias de homenagem aos combatentes que deram a vida pela Pátria.

A celebração começa com uma santa missa no Mosteiro dos Jerónimos, às 10h30, seguindo-se-lhe uma cerimónia junto ao Monumento aos Combatentes do Ultramar. Nesse acontecimento participaram um Sacerdote católico e um Religioso muçulmano, em consideração ao elevado número de portugueses africanos de religião muçulmana que deram a vida pela nossa Pátria comum.

Embora o número de assistentes seja muito elevado seja muito elevado, seria muito interessante que no futuro participassem mais jovens para que esta homenagem tenha continuidade.

Este ano houve uma homenagem especial às Enfermeiras Paraquedistas.

11 de Junho - O Senhor Dom Duarte foi convidado para falar da importância da Lusofonia no mundo e também sobre o futuro de Portugal na União Europeia durante um almoço organizado pela Embaixada do Luxemburgo, em que se reúnem os Embaixadores Francófonos em Lisboa.

Nesse dia assistiu também a um jantar de antigos alunos do Colégio Militar.

16 de Junho - No Torreão Poente do Terreiro do Paço teve lugar uma emocionante cerimónia evocativa do Holocausto Judaico. A iniciativa foi organizada sob a égide da Presidência Húngara da Aliança Internacional para a Memória do Holocausto (IHRA).

Após as intervenções da mesa Redonda teve lugar um magnífico concerto da famosa cantora húngara Eszter Bíró, que interpretou músicas e danças de Comunidades Judaicas, da Hungria, Iraque, Iémen, Espanha e Alemanha.

19 de Junho - O Senhor Dom Duarte deu uma entrevista à Rádio RFM, ao programa “Rocha no Ar”.

20 de Junho - O Senhor Dom Duarte participou no almoço do Núcleo de Cascais da Real Associação de Lisboa, no Clube de Ténis.

Antes do almoço houve uma visita guiada a Fortaleza de Cascais.

Às 16h00 começou a Festa do Japão, no Jardim Japonês, em Lisboa, junto ao Tejo, com interessantes e numerosas actividades culturais, incluindo demonstrações de artes marciais e danças tradicionais.

26 de Junho - D.Duarte. Duque de Bragança visitou durante uma semana Guiné Bissau, a convite de S.E. o Primeiro-ministro, Dr. Domingos Simões Pereira. (Aqui)

Julho:

4 de Julho - A Família Real participou em Coimbra nas Festividades em honra da Rainha Santa Isabel.

8 de Julho - Os Duques de Bragança estiveram presentes no funeral de Maria Barroso. (Aqui)

11 de Julho - O Senhor Dom Duarte esteve presente, em Vigo, na celebração do 90º aniversário do Senhor Adriano Marques de Magallanes.

Agosto:

2 de Agosto - A convite do Alcaide de Valência de Alcântara e do Presidente da Câmara, o Senhor Dom Duarte e seu filho Dom Afonso assistiram 

à recriação do casamento do Rei Dom Manuel I com a Infanta Isabel de Castela, organizada com notável qualidade pelos dois municípios vizinhos.

O Alcaide de Valência de Alcântara recebeu os visitantes no edifício da Câmara onde teve lugar uma interessante conferência.

Os príncipes foram acompanhados pelo Senhor Dr. Eduardo Costa Seixas e pela Associação dos Autarcas Monárquicos representada pelo Dr. Manuel Beninger. (Aqui)
 
5 de Agosto - O "Diário de Notícias" publicou uma entrevista a D.Duarte, Duque de Bragança. (Aqui)
 
29 de Agosto - A Família Real esteve presente no Casamento da filha dos Condes de Toerring que se realizou na Baviera. (Aqui)
 
Setembro:
5 de Setembro - Nos dias 5 e 6 de Setembro o Concelho de Sernancelhe recebeu o Senhor Duque de Bragança e seu filho, Afonso de Bragança, Príncipe da Beira que foi consagrado a Nossa Senhora da Lapa, seguindo uma tradição de séculos que dá continuidade ao ato praticado pelos príncipes e princesas da Beira ao atingirem a maioridade.

Foram recebidos pelo Presidente da Câmara Municipal de Sernancelhe no Salão Nobre dos Paços do Concelho. (Aqui)

34.jpg

10 de Setembro - A República da Guiné Equatorial inaugurou as instalações da Missão Permanente junto da CPLP, no dia 10 de Setembro, em Lisboa, contando com a presença do Senhor Dom Duarte.

15 de Setembro - O Senhor Dom Duarte entregou o Prémio Infante Dom Henrique a jovens da Escola Internacional de Torres Vedras.

19 de Setembro - O Duque de Bragança e o Infante Dom Dinis participaram no jantar de entrega de prémios da segunda edição da Taça Duque do Porto. (Aqui)

23 de Setembro - Entrega de Prémios Infante Dom Henrique pelo Senhor Duque de Bragança na Oeiras International School. (Aqui)

25 de Setembro - O Senhor Duque de Bragança participou na Conferência Internacional sobre as relações históricas entre Portugal e a Etiópia, organizada pelo Instituto Preste João, que teve lugar na sede do Exército Azul, em Fátima.

Ainda em Fátima,  preside juntamente com o Principe Eudes de Orleans e com o Bispo de São Tomé e Principe à abertura da "Real Lipsanotheca do Apostolado de Reliquias " que conta com o Patronato de varias casas reais e o apoio da Fundaçao D. Manuel II.

26 de Setembro - Encontrou-se em Santiago de Compostela com Simon Hastings 15º Earl de Loundon descendente directo do Rei Ricardo III de Inglaterra e de John of Gaunt Duke de Lencastre e pai de D. Filipa, pessoa que D. Nuno Alvares Pereira ajudou a tornar-se Rei da Galiza.O encontro recordou a historia do Tratado de Windsor e as relaçoes entre as duas casas, a de Bragança e a Plantagenet.

27 de Setembro - S.E.R. o Senhor Arcebispo de Santiago de Compostela entregou ao Senhor Duque de Bragança o diploma e a medalha “Hermano Mayor Honorário” da Archicofradia Universal del Glorioso Apostol Santiago, durante a Santa Missa de Domingo na Basílica dessa cidade.

Na homilia explicou o motivo dessa distinção e referiu a presença, como peregrinos, de vários Reis de Portugal.

O Senhor Dom Duarte veio acompanhado pela peregrinação organizada pela Associação de Damas e Cavaleiros da Casa Real Portuguesa.

Outubro:

3 de Outubro - Os Duques de Bragança assistiram ao casamento de Francisco Calheiros, filho do Conde de Calheiros, casou com Elena Ravano em Itália. (Aqui)

27 a 30 de Outubro - Os Senhores Duques de Bragança foram convidados para participarem no World Congress of Families, que este ano teve lugar em Salt Lake City , EUA , de 27 a 30 de Outubro. Participaram ,com grande interesse mais de três mil pessoas , vindas de todo o mundo . Protestantes , católicos , mormons , judeus e muçulmanos constituíram a maioria dos congressistas

31 de Outubro - D.Duarte e D.Isabel, Duques de Bragança, deram uma entrevista à rubrica "Perdidos e Achados" do Jornal da Noite da SIC. (Aqui)

Novembro:

13 de Novembro - Duques de Bragança visitaram a Feira da Golegã. (Aqui)

15 de Novembro - O Senhor Dom Duarte iniciou uma viagem ao Oriente, acompanhado pela Senhora Dra. Regina Maria Carneiro Zhu, assessora cultural da Fundação Dom Manuel II, e uma delegação portuguesa. Como Presidente da Fundação, o Senhor Dom Duarte estabeleceu vários acordos de cooperação com algumas instituições.

Neste dia jantaram em Pequim com vários empresários chineses.

16 de Novembro - Sua Alteza Real visitou o China National Arts Fund (CNAF) e encontrou-se com a Vice-presidente. Visitou também a empresa China International Publishing Group, com quem estabeleceu um acordo de cooperação. Seguiram-se várias visitas a museus e locais de interesse. No final do dia assistiu à ópera de Pequim no camarote presidencial.

18 de Novembro - Encontro com um Ministro em Shanghai.

19 de Novembro - O Senhor Dom Duarte visitou o Shangai Film Groupcom, o qual estabeleceu um acordo de cooperação com a Fundação Dom Manuel II, o Shanghai film Museum, a Shangai International Film festival Center, a Shanghai University Film Industry Park e ainda a Shanghai Vancouver Film School.

22 de Novembro - O Senhor Dom Duarte participou na cerimónia da bênção do sino, que foi oferecido pela Fundação Dom Manuel II à Comunidade do Bairro Português de Malaca. A comunidade luso-descendente e o Regedor Raymond Lopez receberam o Senhor Dom Duarte calorosamente e prepararam um almoço com especialidades malaio-portuguesas. À confraternização com toda a comunidade seguiu-se uma série de visitas aos elementos arquitectónicos principais da herança portuguesa em Malaca, como a Igreja de S. Paulo e a Porta de Santiago da Fortaleza de Malaca, conhecida como "A Famosa". Acompanhou-o nesta visita o Senhor Dr. Carlos Carreira, da Fundação Dom Manuel II em Timor.

25 de Novembro - Durante a sua viagem a Timor, que se iniciou no dia 24, o Senhor Dom Duarte teve vários encontros, nomeadamente com o Ministro Coordenador do Assuntos Económicos e Ministro da Agricultura no Ministério dos Negócios Estrangeiros.

28 de Novembro - A convite do Senhor Presidente da República de Timor e do seu Governo, o Senhor Dom Duarte participou na solenes comemorações dos 500 anos do encontro entre Portugal e Timor. As cerimónias revestiram-se de grande significado. No presente biénio, a Presidência do CONSAN-CPLP está a cargo de Timor-Leste, nomeadamente do Senhor Ministro da Agricultura e Pescas de Timor-Leste. O estatuto da Fundação Dom Manuel II de Observador Consultivo da CPLP levou a que o Senhor Dom Duarte participasse na 1ª Reunião Extraordinária do Conselho de Ministros para a Segurança Alimentar da CPLP (CONSAN), em Dili.

Dezembro:

3 de Dezembro - De volta a Portugal, o Senhor Dom Duarte participou no Almoço da Associação de Empresas Familiares, no Hotel Altis.

4 de Dezembro - No dia 4 de Dezembro realizou-se o Jantar dos Conjurados, relembrando o jantar em que os Conjurados de 1640 se reuniram na véspera da revolução que restaurou a independência de Portugal. Foi escolhido o dia 4, porque tendo deixado de ser feriado nacional o dia 1º de Dezembro muitas pessoas pediram que se realizasse num fim-de-semana. (Aqui)

1 (95).jpg

10 de Dezembro - Fazendo a Fundação Dom Manuel II parte da Comissão Temática de Promoção e Difusão da Língua Portuguesa dos Observadores Consultivos da CPLP, o Senhor Dom Duarte participou em mais uma reunião desta Comissão, promovendo o estabelecimento ou aprofundamento de programas e projetos em prol da Língua Portuguesa nos países da CPLP.

12 de Dezembro - O Senhor Dom Duarte visitou o Museu de Arte Sacra e o Museu Martim Gonçalves de Macedo onde estiveram também presentes S.E.R. D. José Cordeiro, Bispo de Bragança, o Dr. António Ponte, Director Regional Norte da Cultura e o Dr. Manuel Moreno, Presidente da Câmara de Macedo de Cavaleiro.

13 de Dezembro - A Real Associação de Trás-os-Montes e Alto Douro organizou no dia 13 de Dezembro um almoço comemorativo da Restauração da Independência em Macedo de Cavaleiros, contando com a presença do Senhor Duque de Bragança.

15 de Dezembro - Pelo desenvolvimento e importante ação em prol da Lusofonia e também da afirmação da língua portuguesa, o Senhor Dom Duarte foi agraciado com a medalha Jorge Amado, atribuída pela União Brasileira de Escritores e entregue pelo Dr. Durval de Noronha Goyos.

20 de Dezembro - A convite do Senhor Presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, o Dr. Emídio Sousa, o Senhor Dom Duarte participou na Festa das Fogaceiras

A Festa das Fogaceiras teve origem num voto ao Mártir S. Sebastião, feito pelo povo da Terra de Santa Maria, numa altura em que a região teria sido assolada por um surto de peste que dizimou parte da população. Em troca de proteção, o povo prometeu, em cada dia 20 de janeiro, uma procissão e a oferta de um pão doce e delgado, a fogaça, tradicionalmente confecionado em ocasiões especiais. (Aqui)

30 de Dezembro - O Senhor Dom Duarte esteve presente no Jantar de Reis, em Braga, organizado pela Associação dos Autarcas Monárquicos, cuja receita reverteu a favor dos Bombeiros Voluntários de Braga.

Pág. 1/4