Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Monarquia Portuguesa

Este blog pretende ser o maior arquivo de fotos e informações sobre a monarquia portuguesa e a Família Real Portuguesa.

A Monarquia Portuguesa

Este blog pretende ser o maior arquivo de fotos e informações sobre a monarquia portuguesa e a Família Real Portuguesa.

Roberto Tornar, mestre de capela no Paço Ducal de Vila Viçosa e responsável pela educação musical de D.João IV

30.01.21, Blog Real

Roberto Tornar (em inglês: Robert Turner) (Irlanda ou Inglaterra, c. 1587 — Vila Viçosa, c. 1629) foi um compositor de origem inglesa ou irlandesa que trabalhou em Portugal como mestre de capela.

Roberto Tornar nasceu por volta de 1587 em Inglaterra ou na Irlanda. Era católico e, por essa razão fugiu da sua terra natal para a Península Ibérica para escapar às perseguições anglicanas. Com esse estatuto de recusant foi possivelmente apoiado pelo duque de Bragança D. Teodósio II, que, na qualidade de patrono o terá enviado para Madrid, onde foi discípulo de Géry de Ghersem e Mateo Romero. Posteriormente, regressou a Portugal. Em 8 de abril de 1616 sucedeu a António Pinheiro como mestre de capela no Paço Ducal de Vila Viçosa, o palácio de D. Teodósio II.

Para além da sua capela, o duque de Bragança também o incumbiu da educação musical do seu filho D. João, que viria a tornar-se rei de Portugal com o nome de D.João IV com a Restauração da Independência assim como um importante compositor e musicólogo. Contudo, o mérito de Roberto Tornar terá sido diminuto, uma vez que subsistem relatos de que o jovem não apreciava as suas aulas de música. Este, ao crescer, não demonstrou grande gratidão ao seu antigo mestre.

Um dado que subsistiu da sua vida pessoal é o seu matrimónio com Catarina Lopes de Quintana. Morreu em data incerta, após 1629 em Vila Viçosa.

Obras:

Da sua obra sobreviveram apenas 4 salmos preservadas em forma manuscrita na biblioteca do Paço Ducal de Vila Viçosa:

  • "Beati omnes", a 4vv
  • "Confitebor tibi Domine", a 4vv
  • "De profundis", a 4vv
  • "Levavi oculos meos", a 4vv

Obras perdidas

  • Várias cançonetas do Natal