Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Monarquia Portuguesa

Este blog pretende ser o maior arquivo de fotos e informações sobre a monarquia portuguesa e a Família Real Portuguesa.

Dom | 25.07.21

Família Real Portuguesa na inauguração da estátua do Rei Dom Carlos (1963)

Blog Real
28-09-1963 - Inauguração da estátua do Rei Dom Carlos, a que assistiram, entre outras personalidades, o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, General França Borges, S.A.R., Dom Duarte Nuno e Seus filhos, S.A.R., Dom Duarte Pio e S.A., Dom Miguel e outras personalidades. -  Da esquerda para a direita, S.A.R., Dom Duarte Pio, S.A.R., Dom Duarte Nuno e S.A. Dom Miguel.


Sab | 24.07.21

A Família Real Portuguesa em Moçambique (1959)

Blog Real

Há uns tempos referi que a única vez que um membro da família real portuguesa havia estado em Moçambique fora em Julho/Agosto de 1907, aquando da visita do Príncipe Real, S.A.R., Dom Luiz Filipe.
O meu amigo no Facebook, José Crespo de Carvalho, anotou que não era bem assim. Na verdade, a família real portuguesa visitou Moçambique em 1959, como se pode ver em baixo. Adicionalmente, S.A.R. Dom Duarte Pio, actual Duque de Bragança e Chefe da Casa Real portuguesa, prestou serviço militar no Norte de Moçambique entre 1965-1967. Diz o José: ” S.A.R., Dom Duarte Pio por volta de 1965/67 voltou à Beira (estava a prestar serviço militar no Norte nos helis) era Tenente. Ficou instalado na casa de hóspedes (casa existente nos jardins da casa do Engº Jorge Jardim). Houve um beberete na casa dele para os Monárquicos que quisessem lá ir com os tradicionais discursos. Houve também um jantar com Dom Duarte mas mais restrito, com os “dirigentes” da Causa Monárquica.
Eis as fotos, tiradas pelo Sr. Engº Crespo de Carvalho, que foram gentilmente facultadas pelo José, cujos pais guardaram até esta data, e que foram restauradas por mim.

S.A.R., Dom Duarte Nuno à chegada à Beira. É o do meio. Segundo relata o José Crespo de Carvalho, "quem os esperava: as forças vivas da terra, o Senhor Bispo D. Sebastião Soares de Resende, o Governador do Distrito de Manica e Sofala, o Capitão do Porto da Beira, o Comandante das Forças Armadas da Região Centro, directores de serviços , Obras Públicas (Engº Serpa Pinto), o Director de Agricultura e Florestas, Engº Manuel Crespo de Carvalho (representante da Causa Monárquica e quem acompanhou na visita a Família Real), a minha Mãe que era directora e inspectora do exercicio Farmacêutico , Maria Luisa Crespo de Carvalho. Havia muita gente à espera vê-se atrás de uma cerca de onde vem S.A.R., Dom Duarte depois de os ter ido cumprimentar."

Dom Duarte Nuno na aerogare da Beira.
 
Num outro vôo (como era de protocolo) vieram os filhos de S.A.R., Dom Duarte Nuno. À direita S.A.R. Dom Duarte Pio, o actual Herdeiro ao trono português.
S.A., O Infante Dom Miguel
SAR D. Henrique, assistido pela mãe, SAR D. Maria Francisca de Órleans e Bragança.
S.A.R., Dom Duarte Nuno numa machamba algures nos arredores da Beira.
S.A.R., Dom Duarte Nuno com os filhos e outras pessoas que ainda não identifiquei.
S.A.R., Dom Duarte Nuno, S.A.R., Dom Duarte Pio e S.A., Dom MiguelS.A.R., Dom Duarte Pio, o actual Duque de Bragança, entre José Crespo de Carvalho e o seu irmão, na varanda da residência dos Crespo de Carvalho na Beira, depois de tomar o "matabicho" (pequeno almoço).
S.A.R., Dona Maria Francisca
S.A.R., Dom Duarte Nuno com S.A.R., Dom Duarte Pio.
S.A.R., Dom Duarte Nuno na Gorongosa
SAR D. Duarte Nuno na Gorongosa a ver a bicharada.
Um leão na Gorongosa naquele dia da visita real.

(Clique nas imagens para ampliar) - Fonte: The Delagoa Bay Blog e http://realfamiliaportuguesa.blogspot.com/
Sex | 23.07.21

Resumo do Ano da Família Real - 2017

Blog Real

Resumo do ano de 2017 da Família Real Portuguesa:

Janeiro:

10 de Janeiro - D.Duarte, Duque de Bragança estiveram presentes no funeral de Mário Sores. (Aqui)

12 de Janeiro - D.Duarte, Duque de Bragança e D.Afonso assistiram à antestreia do filme "Silêncio" de Martin Scorsese no Grande Auditório do Centro Cultural de Belém. (Aqui)

21 de Janeiro - D.Afonso assistiu ao lançamento da versão evocativa do livro "Razões Reais". (Aqui)

29 de Janeiro - D.Duarte, Duque de Bragança, esteve presente na cerimónia realizada na Real Abadia de Santa Maria de Alcobaça, dos 650 Anos do falecimento de El-Rei D. Pedro I de Portugal. (Aqui)

Fevereiro:

1 de Fevereiro - A Família Real assistiu à Missa por alma de Sua Majestade o Rei Dom Carlos e de Sua Alteza Real, o Príncipe Dom Luís Filipe, na Igreja de São Vicente de Fora. (Aqui)

4 de Fevereiro - D.Duarte, Duque de Bragança assistiu ao Jantar de Reis da Casa Real Portuguesa. (Aqui)

10 de Fevereiro - Visita do Duque de Bragança a São Tomé.

S.A.R., o Senhor Dom Duarte, visitou S. Tomé e Príncipe, no âmbito da cooperação da Fundação Dom Manuel II com a Diocese local.   

A Fundação adquiriu uma residência para jovens que se deslocam de áreas remotas, para frequentarem a escola, na vila de Angolares. 

Acompanhado pelo Senhor Bispo D. Manuel dos Santos visitou S.E. o Presidente da República, e o Ministro da Agricultura. Conversou sobre as perspectivas da cooperação entre São Tomé e Príncipe e Portugal, assim como as notáveis obras sociais desenvolvidas pela Igreja, e pela Embaixada e pela Cooperação Portuguesa.

Ainda acompanhado pelo Senhor Bispo, D. António Manuel dos Santos, visitou  algumas das notáveis obras sociais desenvolvidas pela Diocese e por Congregações religiosas,  assim como  locais de interesse turístico desse belíssimo País.  

A visita foi interrompida pela notícia da morte do Senhor Infante Dom Henrique. À Santa Missa celebrada por sua alma na Sé assistiram numerosos amigos São-tomenses.  

Nesta visita foi hóspede dos Hóteis Pestana. Esta empresa e a companhia aérea Euroatlantic têm sido fundamentais para o crescimento do turismo.

As condições de segurança e tranquilidade de que desfrutam os visitantes, as magníficas praias e paisagens e a simpatia da população são motivos da crescente popularidade deste País como destino turístico, que dispõe de vário hotéis de qualidade internacional e excelentes alojamentos em plena natureza.

15 de Fevereiro - Faleceu Dom Henrique João de Bragança 4º duque de Coimbra. (Aqui)

16 de Fevereiro - Funeral de Dom Henrique, Duque de Coimbra. (Aqui)

Março:

3 de Março - S.A.R., o Senhor Dom Duarte de Bragança participou como orador na homenagem a D. Ximenes Belo, numa sessão evocativa dos 20 anos da entrega do Prémio Nobel da Paz, organizada pela Associação Académica de Direito da Universidade Católica Portuguesa em parceria com a Associação de Estudantes de Teologia e a Associação de Estudantes Timorenses em Lisboa, que teve lugar no antigo edifício da UCP em Lisboa.

4 de Março - A Direcção Nacional da Causa Real foi recebida por os Duques de Bragança, em Sintra. (Aqui)

7 de Março - S.A.R., o Senhor Dom Duarte de Bragança, entregou as medalhas e diplomas do Prémio Infante D. Henrique a alunos do Colégio Bom Sucesso, em Belém.

8 de Março - A Duquesa de Bragança esteve presente num jantar evocativo do Dia da Mulher. (Aqui)

30 de Março - S.A.R., o Senhor Dom Duarte de Bragança, esteve presente na «Jornada sobre os Direitos Humanos na Guiné Equatorial», organizada pelo Embaixador da República da Guiné Equatorial em Lisboa e junto da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Tito Mba Ada, que teve lugar no auditório da sede da CPLP.

Abril:

18 de Abril - SS.AA.RR., os Duques de Bragança, inauguram o Madeira Film Festival 2017. (Aqui)

28 de Abril - A Grã-Duquesa Maria Teresa do Luxemburgo e a Duquesa de Bragança participaram na inauguração "Portugal - Desenho do Mundo" no Luxemburgo. (Aqui)

Maio:

13 de Maio - Os Duques de Bragança e D.Dinis participaram nas cerimónia do centenário das Aparições em Fátima. (Aqui)

20 de Maio - S.A.R., o Senhor Dom Duarte de Bragança, presidiu ao almoço do 28º aniversário da 

Real Associação de Lisboa, que teve lugar no restaurante Xentra, em Sintra, a que se seguiu 
um animado passeio de eléctrico entre a vila de Sintra e a Praia das Maçãs. (Aqui)
 
24 de Maio - SS.AA.RR., os Duques de Bragança, participaram no XI Congresso Mundial das 
Famílias, este ano dedicado ao tema Building Family-Friendly Nations: Making Families 
Great Again, que teve lugar em Budapeste, de 24 a 28 de Maio.
 
Junho:
1 de Junho - S.A.R., o Senhor Dom Duarte de Bragança, visitou Tomar a convite da convite da Câmara Municipal, para assistir ao desfile que assinalou o Dia Mundial da Criança subordinado ao tema "Tomar, Berço dos Descobrimentos". (Aqui)
 
2 de Junho - S.A.R., o Senhor Dom Duarte de Bragança, esteve em Monção para inaugurar a Feira Medievalonde teve lugar recriação, em Ponte de Mouro, do encontro e ceia de D. João I e do Duque de Lencastre em 1386. 
 
3 de Junho - SS.AA.RR., os Duques de Bragança, participaram no XXIII Congresso da Causa Real, que teve lugar em Braga, e que congregou as várias Reais Associações de Portugal. Realizou-se também a investidura de D.Afonso na Real Confraria de Santa Maria de Braga. (Aqui)
 
7 de Junho - S.A.R., o Senhor Dom Duarte de Bragança, participou na Homenagem ao Escritor Brasileiro, Professor Luiz Moniz Bandeira, que teve lugar no ISCSP (Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas).
 
11 de Junho - S.A.R., o Senhor Dom Duarte de Bragança, parte em viagem à Ásia. Na Tailândia oferece imagem de nossa Senhora da Conceição à Igreja Paroquial da Conceição, de Banguecoque, onde foi recebido pela Comunidade Luso-descendente tailandesa. (Aqui)
 
13 de Junho - S.A.R., o Senhor Dom Duarte de Bragança, parte para Timor, onde visita Dili e Baucau.
 
15 de Junho - Os Duques de Bragança participaram nas celebrações do Corpo de Deus. (Aqui)
 
Julho:
15 de Julho - D.Duarte, Duque de Bragança assistiu ao funeral de Américo Amorim. (Aqui)
 
20 de Julho - S.A.R., o Senhor Dom Duarte de Bragança, está presente cerimónia de atribuição do Doutoramento Honoris Causa de Sua Alteza, o Aga Kahn, na Universidade Nova de Lisboa.
 
27 de Julho - S.A.R., o Senhor Dom Duarte de Bragança, assistiu à XV Tourada Real à Antiga Portuguesa de Salvaterra de Magos.
 
Agosto:
11 de Agosto - S.A.R., o Senhor Dom Duarte de Bragança, visitou Porto de Mós para inaugurar, com o Senhor Presidente da Câmara, exposição dedicada a S. Nuno Álvares Pereira, organizada pela Fundação Oureana. (Aqui)
 
12 de Agosto - SAR, o Senhor Dom Duarte de Bragança, concedeu no dia 12 de Agosto uma extensa entrevista a um prestigioso instituto brasileiro de reflexão política. (Aqui)
 
24 de Agosto - SS.AA.RR., os Senhores Duques de Bragança, visitaram a Ilha Terceira onde participaram num jantar de convívio organizado pela Real Associação da Ilha Terceira, que contou com a participação de dezenas de monárquicos e simpatizantes. Em seguida Suas Altezas foram a Ponta Delgada. (Aqui)
 
Setembro:
6 de Setembro - Visita à Madeira a Convite do Presidente da Câmara por ocasião da visita de S.A.R., o Príncipe Reinante Alberto II do Mónaco. (Aqui)
 
10 e 11 de Setembro - SS.AA.RR., os Senhores Duques de Bragança, participaram no Encontro Internacional do Prémio Duque de Edimburgo, organizado pela sua secção portuguesa, o Prémio Infante Dom Henrique. Foi a primeira vez que este encontro se realizou em Portugal. O Presidente 
do Governo Regional, Dr. Miguel Albuquerque, recebeu os representantes do Prémio em 
vários países num jantar oferecido no belo Palácio da Quinta da Vigia. (Aqui)
 
23 de Setembro - S.A.R., a Senhora Dona Isabel de Bragança, seu filho, S.A.R., o Senhor Dom Dinis, presidiram à entrega do prémio da Taça de Golf Duque do Porto, que anualmente decorre na Estela Golf Club, na Póvoa de Varzim. (Aqui)
 
23 de Setembro - S.A.R., o Senhor Dom Duarte de Bragança, visitou a empresa Navigator, antiga Portucel, em Setúbal.
 
Outubro:
12 e 17 de Outubro - S.A.R., o Senhor Dom Duarte de Bragança, realizou uma visita a Washington, onde participou na gala da Royal Brotherhood of Archdiocese for Military Services. 
Após uma Missa celebrada por S.E. o Arcebispo das Forças Armadas Norte Americanas, realizou-se um jantar para a recolha de fundos destinados às Obras Sociais da Diocese de São Tomé e Príncipe. A visita serviu também para encontros com a Comunidade Portuguesa e para visitar várias Fundações e outros Instituições Norte-americanas. Esta parte do programa foi organizada pelo Dr. Francisco Semião, Presidente da NOPA (National Organization of Portuguese Americana).
Esta organização conta com numerosos políticos e personalidades públicas descendentes de Portugueses, tendo obtido excelentes resultados na defesa dos interesses destas Comunidades e do nosso País.
 
22 de Outubro - Os Duques de Bragança assistiram ao jantar de honra em honra dos Reis dos Países Baixos no Palácio da Ajuda e no concerto no Teatro Rainha D.Maria II. (Aqui e Aqui)
 
Novembro:
17 de Novembro -A Família Real Portuguesa assistiu à cerimónia do Prémio Internacional Dr.Otto von Habsurg em Palermo. (Aqui)
 
25 de Novembro - Duques de Bragança com os filhos no Baile de Debutantes em Paris. (Aqui)
 
30 de Novembro - Acompanhados de seus filhos D. Afonso e D. Dinis, os Senhores Duques de Bragança presidiram ao Jantar de Conjurados no dia 30 de Novembro, precedido da leitura da sua 
“Mensagem aos Portugueses”. Participaram várias centenas de pessoas. (Aqui)
 
Dezembro:
3 de Dezembro - A Real Associação de Trás-os-Montes e Alto Douro organizou um Almoço dos Conjurados em que participaram mais de uma centena de associados e simpatizantes. A sua Presidente, Dra. Maria Rosa Morais Sarmento, falou sobre a história e as actividades da Real Associação. 
O almoço contou ainda com uma exibição do vituosismo de uma Violinista transmontano.
 
4 de Dezembro - O Senhor Dom Duarte de Bragança, participou no Colóquio organizado pela Fundação Marion Ehrhart e pela Universidade de Coimbra, que teve lugar na Biblioteca geral da Universidade de Coimbra, intitulado D. Fernando II: O Tempo da Mudança. A sua intervenção foi sobre o importante contributo cultural de um Príncipe germânico como Rei de Portugal.
 
17 de Dezembro - D.Duarte, Duque de Bragança esteve presente no funeral do Rei Mihai I da Roménia. (Aqui)
Qui | 22.07.21

Família Real Portuguesa no Jantar dos Conjurados (2008)

Blog Real

S.A.R., Dom Duarte, também num breve discurso durante o jantar, agradecendo a presença de todos, o que tinha que dizer já o tinha feito na Sua Mensagem do 1º de Dezembro. Anunciou que o jantar dos Conjurados passaria a realizar-se sempre no Convento do Beato, porque foi lá que se iniciaram as primeiras conspirações para o 1º de Dezembro. Pediu também, que estivessem na Missa que se realizou na Igreja de São Domingos, às 12 horas e nas comemorações do Dia da Restauração na Praça dos Restauradores. Infelizmente S.A.R., não pôde estar presente à tarde nos Restauradores porque após a Missa, não se sentia bem. Nada de alarmante, apenas uma gripe...

 

Qui | 22.07.21

Biografias - Pedro de Portugal, 1.º Duque de Coimbra

Blog Real

Pedro, infante de Portugal (9 de dezembro de 1392 – 20 de maio de 1449), 1.º Duque de Coimbra, foi um infante da dinastia de Avis, um dos primeiros da Ínclita geração, filho do rei João I e de Filipa de Lencastre. Entre 1439 e 1448 foi o regente de Portugal.

Devido às suas viagens ao estrangeiro, ficou conhecido como o Infante das Sete Partidas. Tendo nelas mitologicamente visitado a Terra Santa, a Terra do Preste João e na realidade a Itália e a Inglaterra, sendo agraciado com o feudo de Treviso, com o título de Duque de Treviso, pelo imperador Segismundo da Hungria, e investido cavaleiro da Ordem da Jarreteira pelo seu tio Henrique IV de Inglaterra.

Entre os anos de 1439 e 1448 assume, durante a menoridade do seu sobrinho e genro D. Afonso V, a regência do reino. Este período é marcado pela expansão dos Descobrimentos e pelo desenvolvimento mercantil. São ainda publicadas um conjunto de regras e normas sob o título de Ordenações Afonsinas.

Há historiadores de arte que defendem que o tema principal dos enigmáticos Painéis de São Vicente de Fora é a reabilitação da memória do infante D. Pedro, e que este se encontra lá retratado no local mais importante, isto é, na figura do cavaleiro com um joelho no chão que ocupa o primeiro plano do painel do Arcebispo e que aí está a receber dele a consagração no cargo de regente do Reino de Portugal.

Pedro, que nasceu no final de 1392 num ambiente tranquilo e livre de intrigas, teve uma educação esmerada e excepcional. Muito próximo dos irmãos Duarte e João, terá aprendido latim, leis e ciências.

Em 1415, acompanha o pai na conquista de Ceuta e é feito cavaleiro no dia seguinte à tomada da cidade, na recém consagrada mesquita. É nesta altura que lhe é conferido o Ducado de Coimbra, tornando-se, com o irmão Henrique, nos dois primeiros duques criados em Portugal.

Querendo conhecer mundo, viajou entre 1418 e 1428 por algumas das principais cortes da Europa e ainda à Terra Santa, ficando conhecido por "Príncipe das Sete Partidas". De Bruges, o infante escreve ao irmão Duarte, em 1425 ou 1426, com recomendações sobre como governar da melhor forma. Ao regressar, fixa-se em Coimbra.

Como resultado deste périplo igualmente recebe do imperador Segismundo a marca de Treviso; na Inglaterra é investido como cavaleiro da ordem da Jarreteira, em Veneza o Doge oferece-lhe um exemplar do Livro de Marco Pólo e compra um mapa-mundi. Terá ainda iniciado as negociações do seu casamento e o do seu irmão D. Duarte, na corte de Aragão, e também o da sua irmã D. Isabel, na corte da Borgonha.

Em 1429, Pedro casa com Isabel de Urgel, com quem constitui, segundo as fontes, uma união de amor.

O infante não era adepto das conquistas em África. Opôs-se à conquista de Tânger (1437), que acabou por culminar num desastre com a prisão do seu irmão, o infante D. Fernando. Depois defendeu a devolução de Ceuta em troca da sua libertação, que não aconteceu. Um ano depois, morria o rei Duarte, seu rei e irmão mais velho.

Pedro é preterido na regência de Afonso V de Portugal a favor da rainha mãe, Leonor de Aragão. A rainha acabou afastada da regência e Pedro tornou-se o único regente, em 1439. Em 1446, o sobrinho Afonso tinha a idade para governar, mas o infante manteve-se com o sobrinho, levando a casá-lo com a sua filha, Isabel.

O infante D. Pedro, após abandonar a regência, em 1448 é alvo de uma série de intrigas lançadas pelo seu meio-irmão D. Afonso, conde de Barcelos/duque de Bragança, junto de D. Afonso V. Estas insídias vão culminar na batalha de Alfarrobeira (Maio de 1449) onde morreu a combater o referido rei de Portugal) e a retirada por este de privilégios a todos aqueles que estiveram ao seu lado, nomeadamente aos filhos do seu maior amigo D. Álvaro Vaz de Almada morto nesse combate, o corpo foi abandonado por três dias. Foi sepultado discretamente e transladado mais tarde para Abrantes. Em 1455 foi sepultado no Mosteiro da Batalha.

Casamento e descendência:

Do seu casamento com D. Isabel de Urgel, filha do conde da Catalunha, Jaime II de Urgel e da infanta Isabel de Aragão, Condessa de Urgel, teve os seguintes sete filhos, seis dos quais atingiram lugares de muito relevo:

  • Pedro de Coimbra (1429-1466), 5.º Condestável, de 1463 a 1466 foi aclamado Conde de Barcelona (Pedro IV, rei Pedro V de Aragão, Pedro III de Valência);
  • João de Coimbra, Príncipe de Antioquia (1431-1457), membro da ordem do Tosão de Ouro, casou com Carlota de Lusignan, princesa herdeira do Chipre;
  • Isabel de Portugal, de Lencastre ou de Coimbra (1432-1455), rainha de Portugal pelo seu casamento com D. Afonso V;
  • Jaime de Portugal (1434-1459), cardeal e arcebispo de Lisboa;
  • Beatriz de Coimbra (1435-1462), casou com Adolfo de Cleves, Senhor de Ravenstein, filho de Adolfo I, Duque de Cleves. Com descendência;
  • Filipa de Coimbra ou de Lencastre (1437-1493), solteira, tia de D. João II, a quem criou e a quem serviu de segunda mãe;
  • Catarina (cerca de 1449 - entre 1462 e 16.12.1466).

Pág. 1/4