Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Autarcas monárquicos querem alterar Constituição para permitir referendo

por Blog Real, em 31.07.18

A Associação Portuguesa dos Autarcas Monárquicos (APAM) vai lançar uma petição na Internet para retirar a expressão “forma republicana de governo” da Constituição e substituí-la por “forma democrática de governo”, para que seja possível referendar a monarquia em Portugal.

“A petição pública pretende mudar a expressão ‘forma republicana de governo’ para ‘forma democrática de governo’. Cabe ao povo português pronunciar-se nesta petição pública sobre o direito a poder mudar se um dia o entender”, explicou sábado aos jornalistas o presidente da APAM, Manuel Beninger, num jantar em Braga com a presença de uma centena de autarcas de inspiração monárquica comemorativo do quarto aniversário dos Autarcas Monárquicos, com o objetivo de preparar a III Convenção Nacional da APAM.

A expressão em causa – forma republicana de governo – consta da alínea b) do artigo 288 da Constituição da República Portuguesa e impede que se referende a monarquia em Portugal.

“Isto não é um referendo, é um caminho para o referendo”, declarou o presidente da APAM.

Para tal, os Autarcas Monárquicos vão solicitar reuniões com o PS, PSD e CDS para lhes propor a alteração do artigo 288 da Constituição, de forma a tornar possível um referendo sobre República ou Monarquia.

Manuel Beninger disse que uma grande parte dos eleitores portugueses gostaria de se pronunciar sobre a forma de organização do Estado, a exemplo do que sucedeu, em tempos não longínquos, noutros países como Espanha, o Brasil ou a Austrália.

“Não faz sentido que os portugueses não possam optar entre Monarquia e República e que esse direito lhes seja vedado por uma imposição anti democrática”, frisou.

“Um rei representa a nação. Por não ser eleito, por não ser escolhido apenas por alguns, ele é absolutamente livre de lóbis, de pressões, de grupos económicos e de interesses partidários. O rei representa todos os portugueses”, sustentou o presidente dos autarcas monárquicos.

Cansados de viverem num país de nome “república portuguesa” […] “que se encontra falida, sem princípios e sem moral” os autarcas monárquicos dizem querer “voltar a viver em Portugal”.

A III Convenção da APAM ficou marcada para o dia 13 de outubro (sábado), na cidade do Porto, onde será comemorado o 220.º aniversário do nascimento do Rei D. Pedro IV de Portugal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:10



Este blog pretende ser o maior arquivo de fotos e informações sobre a monarquia portuguesa e a Família Real Portuguesa.

Mais sobre mim

foto do autor


A Coroa, é o serviço permanente da nossa sociedade e do nosso país. A Monarquia Constitucional, confirma hoje e sempre o seu compromisso com Portugal, com a defesa da sua democracia, do seu Estado de Direito, da sua unidade, da sua diversidade e da sua identidade.

calendário

Julho 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

mapa_portugal.gif


Facebook



Comentários recentes

  • Anónimo

    Quisiera saber el motivo por el que fue dom Diniz ...

  • Blog Real

    O que é o Vila Viscoa?E não me parece que o Duque ...

  • Anónimo

    Fique longe do duque de Bragança. Ele recentemente...

  • Blog Real

    Obrigado pelo comentário e por as informações.Cont...

  • Anónimo

    Blog interessante e louvável.A minha trisavó mater...



FUNDAÇAO DOM MANUEL II

A Fundação Dom Manuel II é uma instituição particular, sem fins lucrativos, de assistência social e cultural, com acções no território português, nos países lusófonos, e nas comunidades portuguesas em todo o mundo.
                                         mais...
 
Prémio Infante D. Henrique
Com a fundação do Prémio Infante Dom Henrique, do qual S.A.R. o Duque de Bragança além de membro fundador é Presidente de Honra, Portugal tornou-se o primeiro país europeu de língua não inglesa a adoptar o programa de "The International Award for the Young People".
                                         mais...

Brasão da FCB

Por vontade d'El-Rei D. Manuel II, expressa no seu testamento de 20 de Setembro de 1915, foi criada a Fundação da Casa de Bragança em 1933, um ano após a sua morte ocorrida a 2 de Julho de 1932. 
O último Rei de Portugal quis preservar intactas as suas colecções e todo o património da Casa de Bragança, pelo que deixou ainda outros elementos para precisar o seu intuito inicial e legar todos os bens sob a forma do Museu da Casa de Bragança, "à minha Pátria bem amada"

 mais...


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Tags

mais tags


Publicações Monárquicas

Correio Real

CORREIO REAL

Correio Real

REAL GAZETA DO ALTO MINHO


INSCRIÇÃO ON-LINE NA CAUSA REAL