Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Monarquia Portuguesa

Este blog pretende ser o maior arquivo de fotos e informações sobre a monarquia portuguesa e a Família Real Portuguesa.

A Monarquia Portuguesa

Este blog pretende ser o maior arquivo de fotos e informações sobre a monarquia portuguesa e a Família Real Portuguesa.

Biografias - Maria Benedita de Bragança

05.01.20, Blog Real

800px-D._Maria_Francisca_Benedita,_Princesa_da_Beira_e_do_Brasil.jpg

Maria Benedita de Bragança (Maria Francisca Benedita Ana Isabel Antónia Lourença Inácia Teresa Gertrudes Rita Rosa; 25 de julho de 1746 – 18 de agosto de 1829) foi uma infanta portuguesa e filha mais nova do rei D. José I de Portugal e de sua esposa Mariana Vitória da Espanha.

Início de vida:

Dona Maria Benedita nasceu em Lisboa e recebeu seu nome em homenagem ao Papa Bento XIV. Ela recebeu uma educação esmerada; Foi educada em música por Davide Perez e em pintura por Domingos Sequeira; Um painel feito por ela e pela sua irmã ainda pode ser visto na Basílica da Estrela.

Casamento:

Em 21 de fevereiro de 1777, casou-se com o sobrinho D. José, Príncipe da Beira, herdeiro de D. Maria I, então Princesa do Brasil. Eles não tiveram filhos, no entanto Benedita teve dois abortos: um em 1781 e outro em em 1786.

Três dias depois do casamento, o pai de Benedita, o rei D. José I, morreu e Maria o sucedeu como rainha reinante. O infante José tornou-se o novo príncipe herdeiro, recebendo os títulos Príncipe do Brasil e Duque de Bragança. Benedita tornou-se Princesa do Brasil.

Últimos anos e morte:

Em 1788 seu marido José morreu e Benedita tornou-se Princesa viúva do Brasil, como passou a ser conhecida até o resto de sua vida. Em contraste com outras mulheres que fundaram conventos e igrejas, ela escolheu fundou o Asilo de Inválidos Militares de Runa. Ela seguiu a família real em sua transferência para o Brasil em 1808.

Benedita morreu em Lisboa e foi enterrada no Panteão da Dinastia de Bragança na Igreja de São Vicente de Fora. Ela foi a última neta sobrevivente de D. João V de Portugal.