Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Monarquia Portuguesa

Este blog pretende ser o maior arquivo de fotos e informações sobre a monarquia portuguesa e a Família Real Portuguesa.

A Monarquia Portuguesa

Este blog pretende ser o maior arquivo de fotos e informações sobre a monarquia portuguesa e a Família Real Portuguesa.

Ligação da Família Real com os Viscondes de Asseca

12.12.19, Blog Real

O título de Visconde de Asseca foi criado oficialmente por carta pelo Rei D. Afonso VI, no dia 15 de Janeiro de 1666, a favor de Martim Correia de Sá e Benevides Velasco.

Este título nobiliárquico originou-se pelos feitos heróicos de Salvador Correia de Sá e Benevides (1601-1688) como governador da capitania do Rio de Janeiro, libertador de Angola do domínio holandês e membro do Conselho de Guerra.

Dona Ângela de Melo, esposa de Martim Correia de Sá e Benevides Velasco, o primeiro Visconde de Asseca, depois de viúva tornou-se dama de honor da rainha D. Maria Sofia.

Diogo Correia de Sá, 3º Visconde de Asseca, combateu na Guerra da Restauração em prol da aclamação de D. João IV.

Martim Correia de Sá, 4º Visconde de Asseca, foi o 6.º Almotacé-mór do Reino.

Salvador Correia de Sá, 5º Visconde de Asseca, foi veador da rainha D. Carlota Joaquina.

António Maria Correia de Sá e Benevides Velasco da Câmara, 6º Visconde de Asseca, foi fidalgo da Casa Real, Almotacé-Mor do Reino (17 de agosto de 1817) e conselheiro do rei D. João VI de Portugal e veador da rainha D. Carlota Joaquina.

Foi, a partir de 1828, o representante de D. Miguel I em Londres não tendo as suas credenciais como embaixador de Portugal sido aceites pelo governo britânico.

Salvador Correia de Sá Benevides Velasco da Câmara, 7º Visconde de Asseca foi o 9.º Almotácer-mor do Reino (Oficial-mór da Casa Real). 

António Maria Correia de Sá e Benevides Velasco da Câmara, 8º Visconde de Asseca foi Fidalgo da Casa Real, Par do reino, almotacé-mor e Camarista de príncipe herdeiro D. Luís Filipe.

Salvador Correia de Sá e Benevides Velasco da Câmara, 9º Visconde de Asseca, foi defensor da Monarquia, dedicou a sua vida a servir o regime monárquico e a família real. Exerceu como oficial-mor da casa real, e como Par do Reino. Em 25 de Julho de 1903, recebeu do rei D. Carlos o título de 9.º Visconde de Asseca.

Após a Proclamação da República, demitiu-se dos seus cargos, tendo acompanhado o rei D. Manuel II no seu exílio, como secretário particular. Após a morte do antigo monarca, foi o único português a acompanhar o corpo, que foi transportado num cruzeiro inglês, e representou D. Amélia e D. Vitória nas cerimónias fúnebres.

O Rei D.Manuel II com o último Visconde de Asseca em Londres

Rei D.Manuel II em sua casa em Fulwell Park com o último Visconde de Asseca e os seus filhos

fachada.jpg

O Palácio do Ramalhete, residência da família dos Viscondes de Asseca, que ainda é propriedade da família.