Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Monarquia Portuguesa

Este blog pretende ser o maior arquivo de fotos e informações sobre a monarquia portuguesa e a Família Real Portuguesa.

Organização da Casa Real: Mordomo-mor

06.02.14 | Blog Real

 António Maria Vasco de Melo César e Meneses, foi o último mordomo-mor da Casa Real Portuguesa.

O mordomo-mor era o primeiro oficial da Casa Real Portuguesa, sendo o responsável pela sua administração e pela superintendência de todos os restantes oficiais e funcionários da mesma.

O cargo de mordomo existia já na Casa dos Condes de Portucale, talvez segundo o modelo franco do mordomo do palácio, sendo, portanto, anterior ao próprio Reino de Portugal. O cargo continuou a existir após a fundação do Reino, tendo durado durante os oito séculos da Monarquia Portuguesa

No início da Monarquia, época em que era ténue a distinção entre os assuntos de Estado e os assuntos particulares dos Reis de Portugal, sendo o principal administrador dos bens da Coroa, o mordomo-mor acabava também por ser responsável pela direcção do governo do país, com funções análogas às de um moderno primeiro-ministro. Posteriormente, com o acentuar da separação entre os assuntos particulares dos reis e os assuntos de Estado, as funções de mordomo-mor limitaram-se cada vez mais apenas à gestão interna da Casa Real.

As rainhas de portugal (consortes) tinham também o seu mordomo-mor privativo, responsável pela administração da Casa da Rainha.

Funções:

Segundo o Regimento do Mordomo-Mor da Casa Real de 9 de agosto 1792, competia ao mordomo-mor:

  • o governo e superintendência da Casa Real;
  • assegurar diariamente o bom cumprimento das suas obrigações pelos criados de serviço no Paço Real;
  • nomear o escrivão dos filhamentos, o escrivão das matrículas e os demais oficiais da Casa Real, consultando previamente o Rei;
  • nomear os titulares de outros ofícios da Casa Real;
  • aconselhar o Rei relativamente aos filhamentos (concessão de foros de fidalguia) e gerir o expediente e registos relacionados com os mesmos;
  • passar as cartas de estribeiro-mor, de armeiro-mor, de copeiro-mor, de mestre-sala e dos trinchantes nomeados pelo Rei, bem como propôr a nomeação e passar os respetivos alvarás aos guardas-roupas;
  • passar mandatos, como os dos tribunais, aos corrregedores, provedores e juízes de fora das comarcas para os informarem acerca de assuntos relacionados com os filhamentos;
  • rubricar as portarias passadas pelo capelão-mor, pelo monteiro-mor e dar o visto aos alvarás e cartas do escrivão dos filhamentos;
  • nomear os contadores, provedores e escrivães dos contos;
  • proceder ao pagamento dos oficiais da Casa Real, através do tesoureiro da Casa;
  • superintender nas contas do Tesouro da Capela Real, através do seu tesoureiro da Capela;
  • superintender nas cavalariças e na alimentação dos cavalos da Casa Real, através do cevadeiro-mor e mariscal.

Titulares:

De entre os titulares do cargo de mordomo-mor figuraram algumas das personagens mais ilustres da história de Portugal, como Egas Moniz e Nuno Álvares Pereira.

  • Gomisso Nunes
  • Gonçalo Rodrigues
  • Egas Gosendes de Baião
  • Gonçalo Rodrigues de Abreu * c. 1100
  • Monio Mendes
  • Ermigio Moniz
  • Egas Moniz, o aio * c. 1080
  • D. Mendo de Bragança
  • D. Fernão Pires ou Cativo
  • D. Gonçalo
  • D. Vasco
  • D. Gonçalo de Sousa
  • Gonçalo Mendes
  • D. Vasco, conde
  • Pedro Fernandes * c. de 1169 a 1175 (Reinado do Rei D.Afonso I)
  • D. Mendo de Sousa (Reinado do Rei Sancho I)
  • Rui Pais de Valadares (Reinado do Rei Sancho I)
  • Gonçalo Mendes de Sousa
  • D. João Fernandes
  • D. Gonçalo Mendes
  • D. Martinho Fernandes
  • D. Pedro Anes
  • D. João Fernandes
  • D. Pedro Anes
  • D. Rui Gomes de Briteiros * c. 1200
  • D. Gil Martins
  • D. João de Aboim
  • D. Nuno Martins de Chacim
  • Durão Martins de Parada
  • D. João Afonso Telo de Meneses, 1.º conde de Barcelos * c. 1265
  • D. Afonso Sanches * 1289
  • João Peres de Aboim (Reinado do Rei Afonso III)
  • Lourenço Soares de Valadares (Reinado do Rei Afonso III e do Rei D.Dinis)
  • João Lourenço do Amaral (Reinado do Rei Afonso IV)
  • D. Afonso Telo de Meneses,, 5.º conde de Barcelos * c. 1320 (Reinado do Rei D.Afonso IV)
  • D. João Afonso Telo de Meneses, 6.º conde de Barcelos * c. 1330 (Reinado do Rei D.Afonso IV)
  • Lopo Fernandes Pacheco * 1335 a 1338 (Reinado do Rei D.Afonso IV)
  • Gonçalo Aires
  • D. João Afonso Telo
  • Garcia Rodrigues
  • D. Nuno Álvares Pereira, 2º condestável de Portugal * 1360
  • Diogo Lopes de Sousa, 18º senhor da Casa de Sousa * c. 1380
  • Álvaro de Sousa, senhor de Miranda, alcaide-mór de Arronches * c. 1410
  • Diogo Lopes de Sousa
  • Pedro de Sousa
  • D. Pedro de Noronha
  • D. Diogo da Silva, 1º conde de Portalegre * c. 1430
  • D. João da Silva, 2º conde de Portalegre * c. 1480
  • D. João de Meneses, 1.° Conde de Tarouca* c. 1492
  • D. Álvaro da Silva, 3º conde de Portalegre * c. 1505
  • D. João da Silva * c. 1525
  • D. Diogo da Silva, 5º conde de Portalegre * 1579
  • Manrique da Silva, 1º marquês de Gouveia * c. 1585 (Reinado do Rei D.João IV)
  • João da Silva, 2º marquês de Gouveia * c. 1625
  • D. João Mascarenhas, 5º conde de Santa Cruz * c. 1650
  • D. Martinho Mascarenhas, 3º marquês de Gouveia * bp 1681
  • D. João Mascarenhas, 4º marquês de Gouveia * 1699
  • D. João da Bemposta de Bragança
  • João Carlos de Bragança Sousa e Ligne * 1801 (Reinado da Rainha D.Maria I)
  • João Carlos Gregório Domingos Vicente Francisco de Saldanha Oliveira e Daun * 1846 a 1849 (Reinado do Rei D.Maria II)
  • José Trasimundo Mascarenhas Barreto * 1861 a 1862 (Reinado do Rei D.Luís I)
  • António de Melo Breyner Teles da Silva (Reinado do Rei D.Luís I)
  • António Maria Vasco de Melo César e Meneses * 1909 a 1910 (Reinado do Rei D.Manuel II)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.